domingo, 6 de setembro de 2009

Para ti

Um ser esplêndido
de amor profundo,
Um homem de valor natural
o amigo de todos os dias
meu abrigo de todas as intempéries
de uma atenção suprema,
nas actividades que o lar nos impõe
sempre as reparte com harmonia,
derradeiro exemplo na formação
e educação dos filhos desejados.
Uma alegria vibrante
que contagia todos no lar,
trabalha sem negação
para o bem estar dos seus amados.
Poderoso amante, sempre carinhoso
em plena ternura nos actos de loucura
sabe amar a sua fada do lar,
perfeição conjugal
por mim encontrada.
O homem, marido, amigo, pai...
A ti escrevo esta homenagem
muito sentida e por ti merecida.
Amo-te

Ana Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário