sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Seiva amena de amor

Nos teus lábios tens o elixir
da minha felicidade
o meu sorriso no rosto
é a luz do universo
a essência das tuas mãos
seiva amena e melíflua
escorrem nos teus dedos
nutre a pele em arrepio quente
nevoeiros rasgados nos teus olhos.

Mergulho de banho sagrado
no transpirar do teu corpo
contíguo no meu sedento do teu aroma,
volúpia escaldante, delação completa
chuva de cometas envoltos de sedução
que dão cor...sabor
à minha existência incontida,
glória incandescente
que aprisiona o meu coração
embriagada na índole do aprazimento.

Ana Coelho

1 comentário:

  1. Olá Ana

    Lindo poema de amor, pleno de sentimento
    profundo e sensibilidade. Adorei.
    Tenha um lindo fim de semana.

    Beijos

    Alvaro

    ResponderEliminar