segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Raízes de amor

Tenho o calor do teu corpo
Nas raízes do meu peito,
Caule do passado
Nas folhagens do presente
Absorvo em ti
O futuro, mesmo depois
De nada existir...

Bebo da doce seiva
Na pele morena
Dos teus braços
Desde o princípio,
Até ao fim...
No sabor de sempre.

Ana Coelho

1 comentário:

  1. A importância das raízes, seja no que for, é o que mais valor contém.
    E se essas raízes forem as do amor, então a importância ganha uma força ainda maior!

    Beijo menina doce

    ResponderEliminar