domingo, 25 de outubro de 2009

Tu és a minha vida

Hoje
Deito-me no topo
Da paixão
Fogo em brasa
Arde no rastilho
Da vida

Hoje
Falo-te dos pássaros
Voam no peito
Duas flores
Um jardim
No altar dos desejos

Hoje
Contemplo o teu retrato
Vivo e fugaz
Vou tecendo
De ti em mim

Hoje
Testemunho de ti
Desvendo o sol-posto
Vejo o coração
No amar pulsante
Cor do luar
Persianas do meu olhar

Hoje
Sei que és
Um rubi precioso
Nesta recordação de Agosto
A luz morena
Minha boca beija
A maciez das pétalas
Na certeza
Das flores cobertas
O teu amor

Tu és a minha vida

Ana Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário