segunda-feira, 8 de março de 2010

Mimos de amor

Ah!
Quero em ti
Todo o cetim febril,
Transbordar os laços
Em mimos de amor
Resvalado nos espirituosos
Traços que os dedos
Encontram no teu vigoroso corpo…

Quero
Sentir-te
Dentro de mim!
Na cor aplicada aos amantes
Que crus
Afogam-se em vulcões…
Larva ardente
Que queima a epiderme
Em arrepios vibrantes…

Ah!
Amor…quero
Vem, entrega nas minhas mãos
Todo o amor que declamas
Na voz da poesia…

Ana Coelho


2 comentários:

  1. Lindissimo poema...adorei.

    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Poema muito sensual, cheio de paixão!?..
    Gostei bastante,
    Bj
    Nela

    ResponderEliminar