quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O teu manto

O manto do teu destino
cobre-me,
bordado de cetim
no rio que vejo.

Condão de sintonias
que vibram na firmeza do pressentir…

Quimera que me rodeia e me cinge,
pinta aguarelas
no brilho dos meus olhos,
eleva-me de tão brando.

Compreender as gotas da chuva
a suavidade do vento,
brandura norma eu sinto
rendas de estrelas e lua,
no encantamento dos traços marcados
por ti em mim,
envolta do teu manto de seda
aninho-me e sou feliz…

Ana Coelho

3 comentários:

  1. Gostei da poesia e deste mundo de sonho...

    Saudações poéticas.

    Porto-portugal

    ZezinhoMota

    (A Poesia do Zezinho - http://zezinhomota.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga!

    Estou muito atarefado, por causa do livro.

    Olhe, se não puder lá ir, o que me daria muito prazer, pode sempre pedir-me a mim, o livro, por mail.
    Até lhe ofereço, com muito gosto, outro livro Poema Soltos & Dispersos, saído recentemente!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Amiga Ana Paula

    Tem um carinho para si em meu blog

    "Coração Lusitano" , Amigo Verdadeiro

    no cimo da barra lateral

    Beijinhos

    Alvaro

    ResponderEliminar