sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Sono amante

Amarrotados na aragem
que flui no peito
devoramos noite sobre noite
a volúpia da exaltação,
aromas de jasmim no leito
auspicioso…

Nossos corpos enroscados
no mesmo sentido
ondas de giestas brancas
esboçando sorrisos,
gemendo amor
na paisagem de sol
que irradia o sono amante.

Ana Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário